segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Desmistificando a cultura japonesa I




Tenho percebido que alguns praticantes de arte marcial japonesa, alguns inclusive do karate, que após iniciarem sua prática fazem um esforço muito grande para conhecer a cultura japonesa. Acho muito interessante esta curiosidade. Gosto que as pessoas se interessem pela cultura japonesa, porem percebo que algumas pessoas extrapolam alem da conta.

O que percebo na maioria das vezes é que se tem uma visão muito estereotipada da cultura japonesa, se acredita em muitos mitos, coisas do tipo, ninja, samurai, kabuki, harakiri, gueixas, enfim, coisas que são apenas 10% da cultura japonesa e mão fazem parte do cotidiano nem dos imigrantes japonese e nem mesmo dos próprios japoneses que vivem no Japão. Algumas pessoas são verdadeiras enciclopédias ambulantes de “cultura japonesa”, sabem o Bushido de cabo a rabo, sabem aspectos da cultura que eu nunca sequer tomei o conhecimento, mesmo convivendo 36 anos com membros da comunidade japonesa. São tão fanáticos pelo Japão que são capazes de se dizerem mais japonês que meu pai que veio para o Brasil na década de 60. Costuma a chamar estes pessoas de “Japoneses honorários”, são japoneses sem nunca terem ido para o Japão e sem nunca terem contato com membros de comunidade japonesa (o Brasil possui a maior colonia japonesa do mundo não é tão dificil assim).

Sei que recebo várias criticas dos “Japoneses honorários” principalmente acusações de que não entendo nada de karate* ou de cultura japonesa, ou de história do Japão, dão a entender que eu tenho que estudar, etc. Sim, eu não vivo no Japão, vivo no Brasil, não posso ter ideia do como é o Japão, porem já tive convivência com membros da comunidade japonesa e conheço pessoas que já foram para o Japão a trabalho e atualmente tenho colegas Curso de Japonês que estão no Japão e colegas de karate treinando em Dojos de universidades japonesas, tambem conheci universitários japoneses que vieram ao Brasil por intermédio de intercâmbios, todas estas pessoas me trazem novas informações do Japão e enriquecem meu entendimento da cultura. Gosto de tudo que envolva a cultura japonesa e a história do Japão, porem eu sei em qual conteúdo devo confiar, pois existe muita bobagem escrita por ai sendo tomada como verdades talhadas em pedra.

Peço desculpas aos tantos que vieram aqui no meu blog e não gostaram de algumas coisas que escrevi. Mas entendam, eu não tenho certas ilusões que vocês “japoneses honorários” tem a respeito das coisas que dizem respeito ao Japão e a sua cultura. Outra, as coisas que sei, eu realmente sei porque assim como vocês eu tambem gosto e sou aficionada por tudo que diga respeito ao Japão. Desculpas não ter estudado nas mesmas fontes de mitos japoneses e bobagens niponicas que vocês estudaram, pois eu sei que 90% disto são visões distorcidas do Japão. Sinto muito não compactuar com o roll de besteiras de vocês.

Gomennassai!

Desculpas por minha ignorancia, eu não consigo aprender este monte de besteiras que publicam em seus blogs, eu tento, mas não consigo, é dificil acreditar em vocês...

Enfim, vamos desmistificar a cultura japonesa:

  1. Todo o japonês é exemplo de polidez e educação:

Quem afirma isto nunca viu um japonês comendo, quanto mais barulho, melhor, quanto mais arrota, melhor. Minha irmã esteve no Japão e nos dias de finados foi com minha tia (tadinha, morreu logo após do tsunami de câncer) no cemitério, primeiro que os japoneses montam o maior piquenique em cima dos túmulos, depois minha irmã disse que viu minha tia comer, comer, comer e no final dar um sonoro arrotão que ecoou pelo cemitério. Eles tambem tem gazes, arrotam e peidam, e como peidam;

  1. Japoneses são recatados, corretinhos:

No geral eles são. Porem alguns vislumbrados pelo Japão nunca ouviram falar que no Japão existem tarados. Volta e meia surge algum tarado nos trens japoneses, e são tarados mesmo, de se aproveitarem do fato do trem estar lotado para passar a mão na genitália das mulheres que pegam trens, a mão vai por tudo. As pessoas mais taradas e mais safadas que conheço são japonesas. As coisas mais bagaceiras que vi foram por intermédio da cultura japonesa;

  1. Japoneses são honestos e tem palavra:

Geralmente são, porem já conheci japoneses trambiqueiros, muito trambiqueiros. Só que a forma de eles passarem a conversa nos outros é bem sutil. Nem vou entrar em maiores detalhes, mas posso dizer qual japonês (e nipo-brasileiro) no meio marcial que conta um monte de historinha enquanto alguns vislumbradinhos comem tudo com farinha;

  1. Todo o japonês pratica karate:

Meu pai e a maioria da colonia japonesas do Rio Grande do Sul não pratica karate, até me admiro quando vejo um nissei praticando karate no estado, posso contar nos dedos de uma mão os quantos eu vi até hoje. E no Japão tambem, alias, até tem épocas em que alguma arte marcial estrangeira vira moda, os japoneses adoram Boxe por exemplo, tenho diversos mangas** com histórias de lutadores de Boxe, Muay Thai, Kickboxing. E depois do Pride, as artes marciais japonesas no Japão tiveram uma boa queda;

  1. todo o japonês come com hashi:

Outro dia fui num almoço da Associação Cultura Japonesa - RS com alguns colegas do curso de japonês comer um Yakisoba. De repente noto algo curioso, enquanto meus colegas brasileiros estão concentrados no uso de hashi (outros literalmente levando uma surra de palitinho), olho para o lado e percebo que a maioria dos japoneses e descendentes de japoneses comiam de garfo e faca. Não aguentei, tirei os palitinhos da mão de meu colega, fui até a cozinha peguei uma garfo e faca e entreguei pra ele. Falei: Para de pagar mico, tu ai apanhando pra comer de hashi e a japonesada de garfo e faca... E no Japão tambem, já existem restaurantes com comidas não japonesas, eles tambem usam colher garfo e faca de vez em quando, e a Pizza Hut eles não vão comer com hashi;

  1. Todo o Japones usa kimono:

Desde a era Meiji o japonês não usa kimono diariamente, desde esta época as roupas ocidentais passaram a cada vêz mais a fazer parte do cotidiano. Kimono virou roupa para eventos especiais, festas (matsuris), eventos tradicionais, casamentos, etc. O mais comum são os kimonos de verão (Yukata), existem kimonos mais formais para casamentos, existem kimonos para comemorar a maior idade (Furisode) que ocorre aos 20 anos, etc. Geralmente este kimonos mais caras são alugados. Os kimonos são trages formais, são vestimentas caras até mesmo para um japonês;

  1. Todo o japonês é um samurai ou é descendente de samurais:

É mais fácil um japonês ser descendente de camponeses, de pescadores, de comerciantes do que de samurais, na época que existiam samurais estes eram somente uns 10% da população, não era tão fácil encontrar um samurai na rua;
  
  1. O Japão é a terra dos ninjas:

É mais fácil tu achar um kapa caminhando na beira de um lago do que achar um ninja na rua. Não, não é porque eles estão escondidos, é porque eles não existem mais. Existe até um mestre de ninjitsu, mas ele não chegou a aprender tudo com seu mestre pois ele morreu antes, portanto aquele ninja dos filmes (que por sinal é pura ficção) tu não vai encontrar mesmo, alias tem mais "ninja" (os que se acham) no Brasil do que no Japão;


  1. Existem gueixas andando nas ruas do Japão:

É mais fácil ver mulher fantasiada de gueixa para tirar fotos com turistas, serviço de gueixa é para uma minoria, para uma elite, para um público restrito;

  1. Todo o Japonês é seguidor do bushido e hoje existe samurais do seculo XXI:

É mais fácil o japonês ser fã da Lady Gaga e da Madonna, é mais fácil o japonês seguir o “caminho da força” e se tornar um cavalheiro Jedi.


Vai ter continuação isto aqui, assim que escutar algum absurdo, eu coloco aqui.


* Desculpas karatekas que acham que não sei nada de karate, minha faixa-preta não foi achada na lata do lixo. São 20 anos de pratica no karate, treino com um 5ºDan, a dez anos recebi o 1º Dan de um mestre 8ºDan, já fiz cursos com senseis renomados, só fiz três anos de curso de japonês. Já li tantos livros de karate, filosofia, contos japoneses, histórias sobre a colonização japonesa. A 36 anos convivo com um japonês made in Japan, passei tanto tempo na minha vida tentando compreende-lo... Tudo em vão né? Vocês dizem que não sei nada e tenho que estudar...
Isto não é o suficiente pra vocês não é mesmo?
Que pena..
Mil perdões. Gomem.

** Manga sãos os quadrinhos, gibis japoneses.

5 comentários:

  1. MITOS OU VERDADES(?) rsrsrs

    Todo japonês pratica exercícios antes, durante e após o trabalho.

    Todo samurai era rico e possuía terras, servos, gado...

    O ninja possuía seu próprio código de honra; verdade! basta ver a veracidade da minha informação no filme O ÚLTIMO NINJA. HA,HA,HÁ..( risada sarcástica sinistra ).

    As moças japonesas e descentes brasileiras só casam com japoneses, nisseis,etc.

    As moças japonesas são recatadas, guardam a virgindade para o casamento e casam com japoneses em casamentos arranjados.

    Karate é a arte marcial mais popular e praticada no Japão.

    Mestres de karate no Japão seguem à risca o Dojo Kun e jamais sacaneiam alguém, e não existe jogo de vaidades entre tais mestres.

    Yoshichi Kohara apaga lâmpadas com o poder do pensamento ( foi o que disseram por aí, gosto muito do Kohara sensei desde a época em que ensinava em Marechal Hermes ).

    Ninguém luta Karate melhor do que um japonês.

    Toda mulher japonesa sabe fazer massagem, dança,teatro, artesanato e cozinhar.

    Casas de banhos termais(?) existem em cada esquina do japão.


    Mulheres japonesas são tímidas e introvertidas e se ofendem facilmente quando abordadas com cantadas.

    Todo japonês adora comer só peixe e arroz.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo japonês pratica exercícios antes, durante e após o trabalho.

      Resposta: acho que nem todos os japoneses tem tempo pra isto.


      Todo samurai era rico e possuía terras, servos, gado...

      Resposta: existiam samurais e samuraisinhos, nem sempre os samurais fizeram parte de uma classe abastada, tiveram psriodos de decadência tambem.

      O ninja possuía seu próprio código de honra; verdade! basta ver a veracidade da minha informação no filme O ÚLTIMO NINJA. HA,HA,HÁ..( risada sarcástica sinistra ).

      Resposta: o ultimo ninja foi Toshitsugu Takamatsu, ele teve um unico aluno Masaaki Hatsumi que hoje ensina ninjitsu, porem ele não aprendeu tudo que o mestre sabia.

      As moças japonesas e descentes brasileiras só casam com japoneses, nisseis,etc.

      Respostas: somente os mais tradicionalista, mas isto não é regra. Os dekasseguis que estão no japão costumam a casar entre eles.

      As moças japonesas são recatadas, guardam a virgindade para o casamento e casam com japoneses em casamentos arranjados.

      Resposta: Ja tentaram arranjar casamento pra mim, mas meu pai foi o primeiro da dar contra, pois ele mesmo casou com uma gaijin.

      Karate é a arte marcial mais popular e praticada no Japão.

      Resposta: Não é.

      Mestres de karate no Japão seguem à risca o Dojo Kun e jamais sacaneiam alguém, e não existe jogo de vaidades entre tais mestres.

      Repostas: foi só o sensei Fuankoshi morrer que o pessoal da JKA e do Dojo do Funakoshi começarem a brigar...

      Yoshichi Kohara apaga lâmpadas com o poder do pensamento ( foi o que disseram por aí, gosto muito do Kohara sensei desde a época em que ensinava em Marechal Hermes ).

      Resposta: toda vez que chove e cai raios aqui no meu morro eu penso, vai faltar luz, e não é que falta.

      Ninguém luta Karate melhor do que um japonês.

      Resposta: os Italianos estão lutando karate muito bem. Outro dia uma karateka disse que os japoneses fazem as bases muito melhor, ou seja, é só o cara ter olho puxado que ele fica bom.

      Toda mulher japonesa sabe fazer massagem, dança,teatro, artesanato e cozinhar.

      Resposta: ha controvérsias...

      Casas de banhos termais(?) existem em cada esquina do japão.

      Respostas: o pior ainda é dizer que toda casa japonesa tem ofurô, eles não tem espaço para colocar ofurô em todas as casas, é mais facil encontrar ofurô em Itati aqui no Rio Grande do Sul.


      Mulheres japonesas são tímidas e introvertidas e se ofendem facilmente quando abordadas com cantadas.

      Respostas: as japonesas estão dadas, já vi nisei fazendo serviço de garota de programa, aqui na minha cidade mesmo.

      Todo japonês adora comer só peixe e arroz.

      Resposta: tambem comem comidas do tipo, Yakisoba, Yakitori, Sukiyaki, etc. Nenhuma delas leva peixe.

      Excluir
    2. Pois é Adriana, com tantos mitos que inventam, é preciso buscar a verdade em fontes confiáveis. Valeu pela atenção, seu blog é muito bom.

      Um abraço.

      Excluir
  2. Blog interessante sobre a cultura japonesa.

    http://japao-eh-assim.blogspot.com.br/2013/02/exemplo-gera-educacao.html

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Sachiko,

    Visite o meu blog que eu postei sobre o cooking with dog e o j-dorama KOIZORA.

    JapaCult.blogspot.com

    Bjs,
    JapaCult

    ResponderExcluir

Comentários aqui são moderados, pois nem todos os comentaristas se comportam como deveriam, com respeito.
Correções, críticas, sugestões são muito bem vindas, mas desde que feitas com respeito, caso o contrário, nem serão aceitos.
Obrigado por comentar.