quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Conter o espirito de agressão 2ª parte

As vezes meu pai me premia com suas perolas, acho isto fantastico. Pena que ele não faz isto com mais frequencia, pois devo que admitir que com relação a cultura japonesa sem duvida ele é muito mais sábio do que eu.

Bebendo sua caipirinha - habito que ele adquiriu depois de 50 anos de Brasil - ele me vem com esta:

"Sabe, ra no Japon quem fazi karate e que nem anda com facon. Se sabe karate é como tá com facon no mon. Se vai se mete em briga policia pega e diz como se estivesse andando com facon no mon."

Traduzindo: ele quis dizer que se alguem comete algum crime usando as tecnicas de karate no Japão é considerado como se estivesse armado e é julgado e condenado como tal.

Isto serve para nós karatekas refletir-mos sobre as palavras de Funakoshi que dizia para considerar nossos membros como espadas. Tambem serve para refletir-mos sobre o "conter o espirito de agressão". Porem não aconselho beber, habito que os japoneses tem por demais.

Mas aqui não é muito diferente não, uma ocorrencia por agressão vai ter peso muito maior para quem o praticou quando souberem que o mesmo pratica artes-marciais.

Fico pensando que com esta onda de lutas mistas, etc, existe muita gente lutando de tudo e não praticando nada. Muita gente pra lá de bitolada...

Tem gente que olha pra minha cara, vê que sou japonesinha, fica sabendo que pratico karate a 20 anos, que sou faixa-preta, enfim. Resolvem puxar papo comigo, falam que praticaram isto e aquilo, que fazem e acontecem, etc. Eu sinto vontade de dizer: enfim, você faz tudo e não faz nada. Mas converso mais no intuito de esclarecer do que de surpreender com a conversa, pois já sei qual é o enredo basico. Só que as vezes fico chocada com as ignorancias que escuto e penso: isto vai dar em m......, credo. O pior que estas pessoas estão aprendendo técnicas ali, técnicas aqui, e usando como querem, e isto é muito perigoso, não para os que pensam que praticam mas tambem pra quem esta no alcance destas armas descontroladas.

Qualquer arte-marcial, até mesmo lutas como o Boxe, tem que serem levadas a sério, com disciplina, sem modismos.

P.S.: Mesmo estes grandes lutadores, Lyoto Machida, Anderson Silva, etc, que treinam varias técnicas de diferentes artes marciais, treinam com responsabilidade e muitissima disciplina. Sim, pois só com disciplina se chega as vitórias no MMA. Alguns deles são faixas-preta em mais de uma arte marcial. Ou seja, eles realmente treinam, não ficam pipocando de uma arte marcial para outra. 

3 comentários:

  1. Você é uma pessoa muito inteligente... Seus posts sempre me motivam bastante... nos momentos em que preciso me encontrar de alguma forma eu busco algumas de suas palavras para centrar a minha cabeça e me acalmar! Mesmo que demore um pouco p vc postar eu peço que não deixe de postar pq suas palavras me ajudam bastante e com certeza devem ajudar muitas outras pessoas! Parabéns pelo enormetalento que tem!

    ResponderExcluir
  2. Adriana, já que tu deixou a bola pingando na cara do gol... eu vou chutar!

    É a pura verdade.
    Ano passado ganhei 1 mês de uma modalidade marcial num clube e resolvi aproveitar "o prêmio". Não sabia o que vinha pela frente...

    Lá vi com meus próprios olhos que crianças e adolescentes aprendem técnicas perigosas sem que se tenha amadurecimento intelectual.

    Numa certa aula - no momento da luta - uma criança de 15 anos me aplicou uma técnica. Eu "bati" mas talvez naquele calor de querer se mostrar para a namorada que estava assistindo, o jovem forçou mais alguns centímetros e quase quebrou o meu braço.
    Naquele instante me lembrei de "conter o espírito de agressão" e não foi necessário perdoar o rapaz, pois não senti raiva.
    O fato é que não apareci mais nas minhas aulas grátis e fiquei pensando: Quanta irresponsabilidade existe por aí quando o assunto é ensino e aprendizagem de artes marciais (...)

    Abraços,

    Carlos Camacho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que o rapaz estava mal orientado. Uma pena, quem deveria orientar não esta orientando.
      Pior é que esta assim, estão se criando galinhos de briga,não se criam lutadores.

      Excluir

Comentários aqui são moderados, pois nem todos os comentaristas se comportam como deveriam, com respeito.
Correções, críticas, sugestões são muito bem vindas, mas desde que feitas com respeito, caso o contrário, nem serão aceitos.
Obrigado por comentar.